Somos a SMR Gestão e Reestruturação

A SMR é uma empresa de gestão e reestruturação e expansão corporativa, que atua há mais de 10 anos em empresas de pequeno, médio e grande porte, com foco nos resultados de nossos clientes.

Você sabe o que está por trás dos números?

Isso mesmo, uma das questões mais importes para uma alta performance em sua gestão é a compreensão dos resultados do negócio e a análise detalhada das razões para esses resultados, ou seja, aquilo que está “por trás dos números”.

Gestão Financeira Digital

Produto desenvolvido para auxiliar as pequenas empresas e/ou gestores a superar as dificuldades financeiras por meio de controles e gerenciamento. Ensinamos você a aplicar soluções eficazes para a recuperação e gestão do seu negócio.

Sua empresa no caminho certo

Sua empresa no caminho certo


Contamos com uma régua completa de produtos voltados para reestruturação corporativa visando a saúde administrativa e financeira de seus clientes. Com uma metodologia de gestão própria atuando em todas as áreas da empresa, focando em qualidade e resultado.

Faça um diagnóstico

Uma questão de princípios

Grupo SMR

Missão


Proporcionar aos nossos clientes um serviço de alta qualidade, contribuindo para a geração de resultados, aliada a ética empresarial e responsabilidade social.

Visão


Tornar-se referência no mercado de gestão empresarial agregando conhecimentos, visando melhoria contínua nos processos internos, qualidade dos serviços e no relacionamento sustentável com nossos clientes e mercado.

Valores


Credibilidade, comprometimento, integridade, sustentabilidade e valorização a pessoa.

Histórico de Clientes

Clientes
Pirelli
GoldiLog
Cielo
RL
Gerardo
Pauliceia
Ciagraph
Inoservice
Casa Garcia
Porto Seguro
Campneus
Partage
CBI
Grupo Saga

Depoimentos

Feedback de clientes

Blog

Nossas notícias
27 Jan

LOJAS AMERICANAS PEDEM RECUPERAÇÃO JUDICIAL

A ruína de uma gigante varejista.Será que é mesmo? É realmente o fim das Lojas Americanas?Provavelmente não, e apesar desse escândalo, você vai descobrir o porquê.O QUE ESTÁ ACONTECENDO?Não é estranho uma empresa tão grande, tão antiga do nada anunciar um rombo de pouco mais de 40 BI de reais?É no mínimo intrigante, já que a empresa teve uma ótima fase em 2020, em 2021 não aparentava sérios problemas, e só no final de 2022 é que se descobriu inconsistências na parte contábil da empresa.Por esse motivo é que nós vamos te explicar aqui o que é que está acontecendo.Primeiro ponto: Fato RelevanteA alguns dias atrás a Lojas Americanas soltou um Fato Relevante, que é uma declaração que pode produzir um impacto ou interferir na realidade de uma empresa, que dizia basicamente que foram detectadas inconsistências nos lançamentos contábeis de exercícios anteriores no valor de R$20 bilhões de reais.Ou seja, eles abriram o jogo e falaram que havia problema na parte contábil que apontava uma irregularidade de 20 BI, o que não quer dizer que a empresa precisa desembolsar esse valor agora, mas que existem problemas nos lançamentos contábeis que resultam em 20 BI de inconsistência.Vamos traduzir pro nosso português, eles disseram que não viram que faltavam 20 BI no passivo deles, somente esse valor mínimo.Segundo ponto: Como isso é possível??Não estamos falando de uma senhora dona de casa que esqueceu que deve 10 reais para a mercearia da esquina, estamos falando de uma das maiores varejistas do país que esqueceu que devia bilhões de reais para os maiores bancos do Brasil.Como isso é possível afinal de contas?Para piorar, recentemente foram descobertos mais 23 BI de rombo, ou seja, uma dívida de 43 BI de reais.Muitos especialistas na área estão dizendo que pode ter sido por conta de um processo chamado risco sacado.Imagine o seguinte: a Lojas Americanas é uma revendedora de diversas marcas, ela compra os produtos de alguns fornecedores e vende com uma margem de lucro em cima.Para ganhar mais desconto na compra em montante, ela comprava os produtos em grande quantidade com maiores prazos de pagamento e ao invés de pagar daqui 30, 60 dias, o que ela fazia?Chegava no banco e pedia um empréstimo para, além do desconto pela compra em grande quantidade, ganhar desconto por pagar com antecedência.Aqui, o banco passa a ser o credor e a Loja Americanas agora deve o banco de quem pegou o empréstimo.Até aqui tudo ok, já que muitas empresas fazem isso, o problema é que por alguma amnésia coletiva, a contabilidade da empresa esqueceu de lançar a dívida que agora tinha com o bancoDá pra acreditarTerceiro ponto: patrimônio líquido e acionistasPara ter uma noção, o patrimônio líquido das Americanas no fim de Setembro era de R$14,7 Bilhões, e o que é patrimônio líquido? O resultado entre ativo menos passivo.É tudo o que você tem menos tudo o que você deve.Ou seja, se a empresa tiver que reconhecer um passivo de 20 BI, a empresa fecha no vermelho e a chance da declaração de falência é grande.Por si só, a empresa não tem mais capacidade de se manter de pé.Mas vamos ressaltar aqui 3 nomes importantes:- Jorge Paulo Lemann- Marcel Telles- Carlos Alberto SicupiraEsses 3 homens são alguns dos maiores acionistas da empresa e possuem bem mais patrimônio que a própria Americanas sozinha.São pessoas muito endinheiradas que estão com o nome em jogo e talvez vão ajudar a Americanas a sair dessa situação (ou não).Para que você tenha noção do tamanho dessa dívida, esses 40 BI são maiores que o valor de mercado de 305 das 344 companhias que são negociadas na bolsa.O CEO E O FUTURO DA EMPRESAVocê já entendeu que a empresa está devendo grandes bancos, entendeu qual é o motivo desse rombo ter vindo a tona agora (teoricamente), mas então, acabou o jogo para as Americanas?Certamente não, a empresa tem muito tempo no mercado, em mais de 100 anos apenas em 1990 é que fechou com o caixa vermelho, então possivelmente a empresa não chegará ao fim agora, mas o que o CEO da empresa acha sobre tudo isso?Sergio Rial, que entrou na diretoria no dia 02 de Janeiro, saiu no dia 12 desse mesmo mês, ou seja, o que parece (e ressalto que podemos estar enganados) é que a bagunça foi um acúmulo de vários anos, durante o trabalho de outras pessoas, e quando Sergio entrou ele notou essa inconsistência e já saiu fora da história.Parece que ele foi uma das mãos que acharam o problema.Para sermos claros, não sabemos ainda o que vai acontecer, mas vamos tentar enxergar o que pode acontecer agora.- PODE SER QUE A EMPRESA PASSE POR SÉRIOS PROBLEMASPara termos uma comparação, há um ano, em 16 de janeiro de 2022, a Americanas valia R$ 27,25 bilhões; antes do anúncio do rombo bilionário, em 11 de janeiro, a varejista valia cerca de R$ 10,82 bilhões; hoje, a empresa vale R$ 1,75 bilhão.- PEDIDO DE RECUPERAÇÃO JUDICIALEsse já é certeza e a empresa já entrou com pedido de recuperação judicial.Se você não sabe o que é isso entre no nosso Instagram, o link está na BIO, e lá você vai entender tudo sobre o assunto.- RISCO DE QUEBRAEu disse que possivelmente a empresa não quebre, mas nada é certeza, principalmente com a entrada na recuperação judicial.Para vocês terem uma ideia, essa é a última da última salvação, o último recurso que uma empresa usa para tentar se manter de pé.O risco da Americanas deixar de existir não é tão alto, mas sem dúvidas real.Esse foi o nosso tema de hoje, esperamos que você tenha entendido tudo que está acontecendo com a empresa Lojas Americanas nesse momento.Muito obrigado e até a próxima.

19 Dez

5 PASSOS PARA MONTAR O SEU DRE SOZINHO

“O que não pode ser medido, não pode ser gerenciado”A famosa frase de Edwards Deming mostra claramente que se você não sabe a realidade da sua empresa, tão menos vai conseguir gerenciá-la.Existem algumas questões que são determinantes para o sucesso da sua empresa, muitas delas você até tem como intuitivo, mas hoje vamos nos aprofundar na sua capacidade de GERENCIAMENTO.Muitos empresários acreditam que um negócio bem sucedido depende unicamente da sua capacidade de vendas, e sem dúvidas as vendas são o combustível da sua empresa, inclusive, o carro é um ótimo exemplo para você entender melhor a necessidade de uma boa gerência para que a sua empresa tenha sucesso.Imagine que a sua empresa é um veículo, e todo veículo precisa de combustível para funcionar perfeitamente.As vendas são o combustível para a sua empresa.Ter uma estrutura sólida é importante, mas sem combustível não interessa se o seu carro vale 20.000 mil ou 1 milhão de reais, ele não vai pra frente."Tá, mas onde entra então a gerência?” Ter uma empresa que vende bem é como ter um carro cheio de combustível, mas de nada adianta se não tiver um bom motorista atrás do volante.Você é o responsável por “pilotar” a sua empresa.Não andar rápido demais e nem devagar demais, corrigir a rota quando necessário para que a empresa não dê de frente com um obstáculo, tudo isso é responsabilidade do motorista e não do veículo.Você já entendeu a importância de ter um bom gerenciamento dentro da sua empresa, mas por onde começar?É aqui que entra a ferramenta que eu vou te apresentar e te ensinar a manusear dentro da sua empresa: o DRE gerencial.O QUE É UM DRE GERENCIAL?Se a sua empresa ainda estiver começando, talvez você nunca tenha ouvido falar nesse termo, e até mesmo se a sua empresa já tiver mais tempo de mercado, essa pode ser uma ferramenta estranha para você, mas não precisa se preocupar, vamos desvendar tudo isso hoje.Essa é uma ferramenta que vai te auxiliar em tudo na gestão da sua empresa, então continue a leitura até o final.Primeiro, o que é um DRE?DRE significa Demonstrativo do Resultado de Exercício, ou seja, um resumo das operações financeiras da sua empresa em um determinado período, e isso permite que você veja com clareza a situação da empresa, se houve lucro ou prejuízo.O DRE é muito importante para qualquer empresa porque ele te mostra a situação real das suas finanças.O melhor exemplo é em relação ao seu lucro.Por vezes a empresa vende muito, fatura muito, tem um movimento financeiro gigantesco durante o mês, mas o lucro é baixíssimo.Existem negócios e negócios, alguns têm uma margem de lucro muito mais alta que outros, e alguns uma margem de lucro muito mais baixa que outros. Com isso, ressaltamos que não existe negócio bom ou negócio ruim, o que existe são bons ou maus administradores.Quer dizer que apenas saber fazer um DRE te torna um bom administrador? Nem de longe, mas sem dúvidas vai te ajudar a enxergar melhor a situação da sua empresa e também te ajudar a tomar melhores decisões.Existem dois tipos básicos de DRE: o simples e o completo.Hoje vamos falar do modelo simples com mais detalhes e depois, em outro vídeo, falamos sobre o modelo completo, tudo bem?Então vamos lá:O DRE SIMPLESO DRE simples tem o objetivo de declarar o montante de despesas que foi subtraído da receita sem especificar as categorias de despesas principais, assim chegamos ao lucro.Traduzindo, o DRE simples é o cálculo: receita - despesas = lucro ou prejuízo.Não tem necessidade de especificar muitos detalhes no modelo simples, a conta é essa, e se você estiver na modalidade MEI, a sua empresa pode contar apenas com esse modelo simples para controle próprio, sem nenhuma imposição da lei sobre isso.O DRE COMPLETOO modelo completo do DRE é mais robusto e complexo, e é exigido por lei pelo menos uma vez ao ano para qualquer tipo de empresa acima da modalidade MEI, como Simples Nacional, Limitada ou Eireli.Aqui você, ou o seu gestor financeiro, deve calcular todas as receitas e despesas que a sua empresa teve dentro de um período determinado, incluindo impostos.No conceito é muito simples fazer o seu DRE, não tem mistério nenhum na verdade e agora eu vou te mostrar o passo a passo para você montar o seu DRE sozinho.APRENDA A MONTAR O SEU DREVamos ao passo a passo para você montar o seu DRE sozinho, sem enrolação:1. ReceitasListe as suas receitas, que é tudo aquilo que entra no caixa da empresa, por exemplo: Receita de vendas de produtos;Prestação de serviço;Recebimento de juros;Royalties;Dividendos. 2. Deduções de impostosComo estamos falando do DRE simples, calcule apenas os impostos referente a sua categoria tributária, no caso do MEI, apenas a DAS. 3. Receita líquidaAqui é o resultado do cálculo: Receita bruta - Deduções = Receita Líquida. Ou seja, todas as suas receitas menos os seus custos para adquiri-las. 4. Despesas Administrativas ou fixasDespesas fixas correspondem aos gastos para manter a empresa em funcionamento independentemente de haver vendas. Alguns exemplos são: Contas de aluguel;Água;Energia;Manutenção;Telefone em escritórios;Entre outros. 5. Resultado líquidoPor fim, temos o resultado líquido, que é obtido pelo cálculo:Receitas gerais - Despesas gerais = Resultado Líquido. Basicamente, tudo aquilo que entrou no seu caixa, menos tudo aquilo que você precisou gastar para realizar a aquisição dessas receitas. Se você tem alguma dúvida em relação a montar o DRE da sua empresa, a SMR tem um presente para você. Nós escrevemos um e-book exclusivo sobre DRE e como montá-lo na sua empresa de maneira muito simples. Clique aqui e baixe o seu GRATUITAMENTE. Não perca esse presente, é por tempo limitado. Bom, essa foi a nossa aula de hoje, esperamos que você tenha aprendido tudo que é necessário para fazer seu DRE sozinho e em caso de dúvida, fale conosco, nos mande um e-mail ou mensagem no Instagram clicando aqui. Agradecemos e até semana que vem.

02 Dez

O PASSO A PASSO PARA GARANTIR O SUCESSO DA SUA EMPRESA

A sua empresa só vai ser maior que você quando o dinheiro dela trabalhar para isso.Empresário, empresária, é muito bom ter você aqui.Hoje nós vamos falar de algo que define o quanto de sucesso a sua empresa vai ter.Muitos empresários acreditam que as coisas acontecem naturalmente, que o crescimento da sua empresa vem com o tempo, que tudo se encaixa para que o sucesso chegue na medida em que você trabalha.Se você acredita que o sucesso do seu negócio vem através da sorte, sinto muito em te dizer que o seu sucesso pode e deve ser calculado.E nós conseguimos fazer isso, dentre muitas maneiras, através da análise financeira.“Como assim o sucesso da minha empresa deve ser calculado?”.Certo, então vamos estabelecer algumas questões antes de falar sobre como você pode aplicar a análise financeira na sua empresa para calcular o seu sucesso.1 - O SEU SUCESSO DEPENDE UNICAMENTE DE VOCÊÉ possível sim mensurar o sucesso da sua empresa e até mesmo calculá-lo, mas no fim o sucesso depende de você.Depende da sua visão para o seu negócio, depende do quanto você se capacita para ser um gestor cada dia melhor, depende do quanto você está disposto a entregar para alcançar essa empresa dos seus sonhos.2 - A ANÁLISE FINANCEIRA NÃO FAZ MILAGRESApesar de ser uma ferramenta precisa e fazer jus a promessa, a análise financeira não faz milagres.Ela serve para te mostrar todo o resultado financeiro que a sua empresa fez em períodos passados, e com isso, te fornecer dados suficientes para projetar resultados futuros, ou seja, com base nos seus números passados, você consegue planejar os passos futuros da sua empresa para que ela tenha sucesso.3 - A PERSISTÊNCIA VALE MAIS QUE A MOTIVAÇÃOA motivação, em qualquer área da sua vida, é passageira, é o gás inicial para você tomar uma ação.A persistência é constante adaptação para que você consiga permanecer firme no rumo do seu objetivo.A análise financeira vai te dar o gás inicial. Ela vai te mostrar toda a receita que você gerou, todas as despesas que você teve, todo o lucro que você conseguiu, e no final ela te dá um plano de ação, uma estratégia que você vai colocar em prática de acordo com o seu planejamento orçamentário atual para que a sua empresa cresça ainda mais.Porém, no meio do caminho você vão surgir situações que talvez vão exigir uma adaptação no seu plano para que você consiga atingir o objetivo que foi pensado lá atrás, por exemplo:Talvez você leve um prejuízo muito grande e precise atrasar alguns investimentos a longo prazo, talvez o governo atual do seu país seja muito incerto em relação ao empreendedorismo, etc.Tudo isso vai exigir que você seja persistente no seu objetivo e tenha em mente a visão que foi gerada no seu coração para a sua empresa.Agora que você já sabe exatamente o que depende de você para que a sua empresa tenha sucesso, vamos falar dessa ferramenta tão incrível que é a análise financeira.Primeiro:O QUE É UMA ANÁLISE FINANCEIRA?Análise financeira é uma ferramenta de avaliação empresarial que tem o objetivo de estudar toda a vida financeira de uma empresa dentro de um período determinado, e com isso revelar qual é a capacidade que essa empresa tem de receber novos investimentos e outros tipos de manobras.Em resumo, a análise financeira te fornece os dados do financeiro da sua empresa no passado até o momento da análise, e com isso te diz se ela consegue arcar com os planos que você tem pensado para o futuro do seu negócio.Percebe que dessa maneira o sucesso da sua empresa pode ser calculado?Por exemplo, você quer abrir uma filial, mas sua análise financeira mais recente te diz que a possibilidade de criar um rombo no seu caixa caso você coloque esse plano em prática, é grande.Aceitando esse fato, você pega os resultados financeiros até o momento, com base neles calcula quanto tempo a sua empresa vai precisar para gerar a receita suficiente para abrir uma filial, e então se programa para isso.Quantos empresários você já ouviu falar que abriram novas filiais, expandiram não sei em quantos porcento a sede da empresa, sangraram a empresa para fazer um investimento, e se deram mal?Por que? Porque não fizeram uma análise financeira corretamente, e se fizeram, não aceitaram os números reais da empresa, foram naquela “eu vou conseguir”, e então, deram 2 passos para frente e 10 para trás.Não seja esse tipo de empresário, não seja imprudente com o projeto da sua vida.O sucesso muitas vezes não é tão rápido quanto nós gostaríamos, mas se você fizer tudo certo, e é possível fazer tudo certo desde que você tenha o direcionamento de profissionais qualificados no assunto, ele vem, e vem de maneira sólida.Você já sabe o que você precisa fazer para ter sucesso na sua empresa, sabe qual ferramenta usar para te auxiliar com isso, agora você vai entender:COMO FAZER A ANÁLISE FINANCEIRA DA SUA EMPRESA“Ah, mas eu sou só um bom vendedor que abriu uma empresa, não sei mexer com esses números”.Vamos te ensinar aqueles pontos que são infalíveis, você vai conseguir fazer a sua análise sozinho.Mas se mesmo assim você estiver com dificuldade para fazer sozinho, vamos te entregar um presente gratuito para que a sua empresa tenha essa análise financeira o quanto antes.IDENTIFIQUE O EQUILÍBRIO FINANCEIRO DA SUA EMPRESAPrimeiramente, identifique o seu equilíbrio financeiro, é ele que vai demonstrar se a empresa é viável ou não, ou seja, se as receitas são superiores aos gastos. Para entender o equilíbrio financeiro é importante analisar os seguintes fatores:Custo fixo: é todo o gasto que não é afetado pelo aumento ou diminuição da produção de produtos ou prestação de serviços da empresa, ou seja, ele não oscila mesmo que a companhia produza mais em um determinado período de tempo.Custo variável: é aquele que varia de acordo com a performance de produção e vendas. Assim, os custos que aumentam ou diminuem conforme o cenário podem ser considerados como variáveis.Lucro Operacional: lucro gerado única e exclusivamente pela operação de negócio, descontando as despesas administrativas, comerciais e operacionais.Margem de Contribuição: quantia em dinheiro que sobra da Receita obtida através da venda de um produto, serviço ou mercadoria após retirar o valor dos gastos variáveis, composto por custo variável e despesas variáveis.Preço de vendas: é o valor que será cobrado dos seus clientes por seu produto ou serviço, em outras palavras, por quanto você vai vender o que faz. Faturamento periódico: é o cálculo de quanto você fatura em períodos determinados, como em 3 meses, 6 meses, 1 ano, e com base nessa média você consegue medir a sua expectativa de faturamento por períodos.Fluxo de caixa: instrumento que o empresário usa para acompanhar a situação financeira da sua empresa, através de relatórios com informações sobre toda a movimentação de dinheiro gasto ou recebido pela sua empresa em um determinado período de tempo.Crescimento: é o momento que a empresa passa de ter uma entrega limitada – a prestadores de serviços específicos, ou regiões e pontos de venda específicos – para ter uma entrega ampla.MONITORE INDICADORES ECONÔMICOSO segundo fator mais importante para a análise financeira de uma empresa é a avaliação dos KPI’s responsáveis por apresentar a saúde financeira da instituição, avaliar resultados e comparar desempenhos em diferentes momentos. Para isso, avalie os:Índice de Rentabilidade e Lucratividade: enquanto a lucratividade relaciona o lucro líquido com a receita total do negócio num determinado período de tempo, a rentabilidade associa o mesmo lucro ao valor investido no empreendimento para saber se vale mesmo a pena.Índice de Liquidez: É um indicador que relaciona os valores previstos para entrar e sair do caixa empresarial no curto prazo. Portanto, ele mede a capacidade de uma companhia pagar todas as suas dívidas em um curto horizonte de tempo.Índice de endividamento: a relação entre o valor que a empresa está devendo para terceiros e o valor que foi investido pelos acionistas, sendo o seu cálculo: EF = (Dívida Bruta / Patrimônio Líquido) x 100.Índice de prazo médio de pagamento: Ele mostra quanto tempo a empresa leva, em média, para pagar pelos produtos, serviços e insumos adquiridos de fornecedores.Índice de prazo médio de recebimento: é o tempo que você leva para receber o valor por determinada compra ou serviço feito; geralmente, o cálculo é feito para saber a média do prazo de recebimento de vendas parceladas.Se você não sabe muito bem o que significa cada um dos termos da primeira e da segunda ação, e nem como calculá-los, vou deixar aqui na descrição o texto que saiu hoje no nosso blog. Lá está especificado cada um desses termos e como você pode identificá-los.Se você calculou cada ponto, identificou como cada um deles funciona, e mesmo assim está achando difícil fazer a análise financeira da sua empresa sozinho, chegou a hora do seu presente.Somente para você que leu até aqui, vamos liberar uma consulta financeira gratuita com o nosso time de especialistas.Você vai clicar aqui, se cadastrar no formulário com os seus dados e nós vamos entrar em contato com você. Iremos fazer um diagnóstico completo da sua empresa sem cobrar nem 1 real.Gostou da surpresa? Então não perca essa oportunidade e corre lá.Muito obrigado pela sua leitura.Até a próxima!

Grupo SMR

PLS
N Capital
VCN

Empresas Parceiras

Chimera
tree
Meta
mapah

Materiais Exclusivos


Toda semana um novo conteúdo. Baixe gratuitamente nossos materiais, e-books e muito mais.

Acesse agora
DRE - o guia completo para sua empresa

Sua empresa está buscando uma solução completa?


Através de um modelo de gestão in loco, contamos com uma equipe qualificada e multidisciplinar de executivos para diagnosticar, planejar e implantar as ações necessárias. Vamos conversar?

Sucesso! Sua mensagem foi enviada.
Erro! Houve um erro ao enviar a sua mensagem.

Faça um diagnóstico

Sucesso! Sua mensagem foi enviada.
Erro! Houve um erro ao enviar a sua mensagem.