Gestão Financeira Digital

Produto desenvolvido para auxiliar as pequenas empresas e/ou gestores a superar as dificuldades financeiras por meio de controles e gerenciamento. Ensinamos você a aplicar soluções eficazes para a recuperação e gestão do seu negócio.

Você sabe o que está por trás dos números?

Isso mesmo, uma das questões mais importes para uma alta performance em sua gestão é a compreensão dos resultados do negócio e a análise detalhada das razões para esses resultados, ou seja, aquilo que está “por trás dos números”.

Somos a SMR Gestão e Reestruturação

A SMR é uma empresa de gestão e reestruturação e expansão corporativa, que atua há mais de 10 anos em empresas de pequeno, médio e grande porte, com foco nos resultados de nossos clientes.

Sua empresa no caminho certo

Sua empresa no caminho certo


Contamos com uma régua completa de produtos voltados para reestruturação corporativa visando a saúde administrativa e financeira de seus clientes. Com uma metodologia de gestão própria atuando em todas as áreas da empresa, focando em qualidade e resultado.

Faça um diagnóstico

Uma questão de princípios

Grupo SMR

Missão


Proporcionar aos nossos clientes um serviço de alta qualidade, contribuindo para a geração de resultados, aliada a ética empresarial e responsabilidade social.

Visão


Tornar-se referência no mercado de gestão empresarial agregando conhecimentos, visando melhoria contínua nos processos internos, qualidade dos serviços e no relacionamento sustentável com nossos clientes e mercado.

Valores


Credibilidade, comprometimento, integridade, sustentabilidade e valorização a pessoa.

Histórico de Clientes

Clientes
Pirelli
GoldiLog
Cielo
RL
Gerardo
Pauliceia
Nextel
Ciagraph
Inoservice
Casa Garcia
Porto Seguro
Serasa
Campneus
Partage
CBI

Depoimentos

Feedback de clientes

Blog

Nossas notícias
26 Abr

6 razões para melhorar a capacidade de gestão de sua empresa

Há muitas razões para implantar sistemas de gestão em uma empresa, dentre as quais uma das mais importantes está na capacidade da empresa, ou melhor, em sua habilidade de gerir cada processo dos diversos departamentos ativos.Não é à toa que a tecnologia tem ajudado diversos empresários e empreendedores a suprir suas necessidades. O que tem aumentado bastante é a condição desses líderes, pois o acesso a diversas ferramentas de gestão é muito mais fácil agora.O primeiro olhar sobre a Análise SWOTAntes de compreender como melhorar, otimizar, corrigir, aperfeiçoar e deletar os diferentes aspectos da gestão de sua empresa, é necessário conhecer uma das mais importantes ferramentas de gestão, a SWOT.SWOT é abreviação de Strenghts, Weaknesses, Opportunities e Threats, ou o equivalente a Forças, Fraquezas, Oportunidades e Ameaças. É através dessa ferramenta que você poderá analisar sua empresa em âmbitos externos e internos, e o que cabe à sua gestão corrigir ou se adaptar da melhor forma.Forças: são as qualidades positivas da empresa, o que ela tem que chama a atenção do público, e que a diferencia diante dos demais, sejam concorrentes ou outros players do mercado.Fraquezas: são as etapas que sua empresa possui e que podem ser melhoradas, o que possibilita, dentro da SWOT, dividi-las por setor, departamento, hierarquia ou até mesmo projeto. Todas as fraquezas, quando relacionadas e conscientizadas, podem ser desenvolvidas a fim de eliminá-las.Oportunidades: o nome diz muito sobre o que significa essa vertente da SWOT, pois isso significa que seu negócio pode aproveitar uma grande oportunidade do mercado. Por exemplo: uma produtora de itens de limpeza pode se beneficiar da baixa de preço de determinado item, ou a pequena livraria de rua incluir a venda online e o marketing digital em seu portfólio. Ameaças: são as nuances externas que dominam o segmento, a política, a economia e outros tantos fatores que não estão dentro de seu controle e, portanto, cabe à sua empresa se adaptar da melhor forma sem ser tão prejudicada.Como otimizar a gestão de sua empresaPara conseguir melhorar a gestão de sua empresa, você precisa prestar atenção às 6 razões que preparamos neste artigo:1. Um bom software de planejamentoAinda que todas as razões que você encontrar aqui estejam alinhadas com as estratégias de sua empresa, a primeira delas é, definitivamente, o passo mais importante, porque consegue satisfazer suas ambições em pouco tempo: um software de planejamento. Com ele, você tem em mãos a melhor maneira de mostrar-se um bom líder, e lidar com as diferentes etapas de todos os dias de trabalho.Com o software de planejamento correto, as expectativas de seus colaboradores conseguirão ser atingidas porque, em curto tempo, os resultados começarão a aparecer, e tudo ficará perfeitamente registrado para consultas futuras. Além disso, o software faz com que o acesso aos erros anteriores facilitem a tomada de decisão do presente, o que garante um futuro muito mais saudável.2. Incentivo e ações de endomarketingEndomarketing significa marketing interno, ou seja, são as estratégias feitas para os colaboradores, fornecedores e clientes internos de uma empresa precisam estar em dia com os valores que prometem. Hoje, uma organização carrega consigo sua missão, sua visão e seus valores, mas também possuem um propósito, algo maior que precisa estar alinhado a tudo o que tem a oferecer dentro de seu segmento.Valorizar o público-alvo é regra, mas hoje é necessário oferecer mais do que isso: abrir um diálogo para que tanto quem consome quanto quem veste a camisa estejam em harmonia, ou o mais próximo disso possível.3. Tudo começa no recrutamentoO processo de recrutar cada colaborador é um dos momentos mais importantes de qualquer organização. É através desse filtro, repleto de significados, que um novo responsável por tarefas dos mais diferentes níveis hierárquicos ocupará uma função, o que é uma oportunidade e tanto para ambos os lados.Justamente por isso, o processo de recrutamento precisa ser melhor elaborado, com diálogo e transparência práticos e habilitados à natureza de cada organização, e não de forma genérica ou excessivamente abrangente. Ter um especialista em Recursos Humanos é fundamental, mas o responsável pelo departamento precisa estar presente em todas as etapas de escolha.4. Comunicação horizontal é essencialA ferramenta que todo líder deveria adotar: comunicação horizontal. Isso significa que a hierarquia continua existindo, até mesmo por conta de questões de responsabilidade e de remuneração. Mas, a gestão da empresa precisa ser transparente, afinal, todos estão ali dando seu tempo, o item mais precioso de suas vidas, carregando o nome da instituição.Por isso, a gestão horizontal visa oferecer formas e ferramentas de comunicação sem encontrar tantas barreiras entre uma ponta e outra da administração, seja de um departamento ou de toda a organização.5. Automatização de tarefas e gestão do tempoContratar um software ERP é uma das melhores atitudes que todo gestor pode fazer por sua empresa, porque ele por si é um organizador nato, o que interfere diretamente nas tarefas dos diversos departamentos de uma empresa. Há, ainda, a vantagem de padronizar e universalizar a linguagem, para que cada líder tenha em mãos a possibilidade de gerir sua equipe da melhor forma.Um sistema ERP de qualidade é eficaz, ainda, porque consegue transformar o tempo de produção de cada colaborador de forma a otimizá-lo, sem sobrecarga para ele ou para a empresa. E esse é apenas um dos exemplos, pois o sistema tem capacidade para aferir dados de departamentos inteiros, incluindo o contábil e o de marketing, possibilitando novas e melhores estratégias.6. Evitar o retrabalho com análises de métricasCom todas as informações levantadas em seus relatórios, é preciso dedicar certo tempo à análise das métricas, pois são esses dados que, quando transformados corretamente em informações, conseguem trazer melhores oportunidades. A partir deste momento, é hora de transformar os dados em resultados.Ao analisar suas métricas, você consegue antever os próximos erros e, com eles, evita que sua gestão caia nas armadilhas do retrabalho, perdendo mais tempo e dinheiro.Agora que você conheceu as principais razões para melhorar a capacidade de gestão de sua empresa, que tal conversar com um dos executores da SMR? Coloque em prática as melhores ferramentas de gestão e colha os melhores resultados.

20 Abr

Você sabe o que é o método Learn By Doing?

Existem diversos métodos de trabalho, os quais são praticados e aperfeiçoados todos os dias, e que geram diferentes níveis de absorção. Porém, um deles, o método Learn By Doing, é bastante recomendado por sua praticidade e rapidez, afinal, suas características são todas voltadas ao aprendizado com respostas.Para entender melhor sobre quais são as vantagens, de onde surgiu e como funciona o método Learn By Doing, você precisa do seguinte: deixe de lado os termos técnicos, entenda o nome em inglês como “aprenda fazendo” ou “aprenda na prática” e, a partir de agora, neste artigo, você terá todos os direcionamentos para aplicar em sua própria rotina.Quem inventou o método Learn By Doing?O pedagogista e filósofo John Dewey trouxe o termo à vida, e em pouco tempo ele saiu de suas salas de aula e se transformou em algo ótimo para o dia a dia empresarial. Mais tarde, outros educadores também passaram a aplicá-lo em sua rotina pedagógica, como é o caso de Célestin Freinet.Hoje, o método Learn By Doing é utilizado como referência por diversos estudiosos, que se aprofundaram em seus significados. Uma das questões mais relevantes para quem aprendeu de forma prática e direta é o alcance rápido de resultados, ainda que muitos não concordem com o significado disso.No que se baseia e qual é sua aplicação?Seja como for, e mesmo que não seja unanimidade, o método Learn By Doing se baseia em processos simples de absorção de informações, pulando a etapa teórica. Uma aula sobre mecanismos eletrônicos de maquinário industrial se apresentaria totalmente prática, o que é compreensível, tendo em vista a origem do conteúdo.Ao pensar em outros tipos de conteúdos, geralmente divididos ou totalmente aplicados em teoria, é um desafio maior. Em uma empresa que produz calçados, por exemplo, o método Learn By Doing pode ser aplicado em diferentes níveis de workshops, ensinando as variadas esferas de colaboradores.Como o Learn By Doing foi aperfeiçoado?Aprender fazendo, como muitos se referem inconscientemente ao método Learn By Doing, é muito mais do que ignorar a teoria, é claro. Ao aprender na prática, os responsáveis por isso precisam se dedicar até mesmo outros momentos de seu tempo, pois é essencial observar os efeitos das ações. Em termos mais simples, é o mesmo que apoiar as ideias de uma equipe e praticá-las, mas analisar as consequências por mais tempo.A partir do momento em que os resultados surgirem, sejam eles positivos ou não, está a verdadeira aplicação do método Learn By Doing. Vale observar alguns aspectos em comum a essa metodologia, para que não seja distorcida:Tudo começa a partir da exposição de um problema;Ele será questionado, e um brainstorming ocorrerá para que as melhores práticas sejam designadas;Através do debate sobre as escolhas a serem feitas, um caminho de soluções e ações é estabelecido;Todas as equipes envolvidas precisam ser informadas, para que a transparência seja um de seus principais fatores;A partir deste ponto, a criação de uma solução será feita;As ações serão tomadas, e os processos postos em prática;Após a tomada de decisão e da aplicação das soluções encontradas, os resultados precisam ser analisados;Cada etapa precisa ser aperfeiçoada, desenvolvida ou estimulada, de acordo com seus resultados.A partir de agora, é necessário analisar quais processos dentro de sua empresa merecem a atenção do método Learn By Doing.Estimular perguntas e respostas: o que isso significa?Uma das principais características desse processo é o fato de ele estimular constantemente o desenvolvimento de perguntas e respostas, através de aplicações práticas.Ao trazer diversos questionamentos à tona, sua empresa pode encontrar lacunas até então não exploradas, e aplicar respostas práticas, seguindo os preceitos do método Learn By Doing, é uma das melhores maneiras de encontrar resultados rápidos.Pesquisas, testes, feedbacks e o círculo Learn By DoingEm termos comparativos, o método Learn By Doing traz similaridades com o Learn Startup. Enquanto o primeiro visa a observação dos resultados alcançados pela prática, o segundo oferece ações através de experimentações, cujo desenvolvimento ágil é o grande diferencial.Há muito em comum entre um método e outro, mas a grande diferença está na execução dos processos. O Learn By Doing, por exemplo, foca no conceito prático de constância de questionamentos. O Startup é centrado em experimentações.Por isso, ao aplicar o primeiro método, centro deste artigo, você deverá incentivar diversas ações relacionadas a pesquisas, testes e feedbacks.PesquisasSão essenciais para fornecer material de apoio, pois trazem referências de outros possíveis empreendimentos que tiveram suas ações testadas.TestesOs testes são consequências das ações, e eles precisam ser feitos para que os erros sejam filtrados e, portanto, aperfeiçoados.FeedbacksOs feedbacks transformam a comunicação entre os envolvidos em algo ímpar, pois, com ela é possível trazer muito mais resultados a partir dos próximos testes.Inovar é preciso, mas o desafio é maior do que esseDentro de todas as qualidades do método Learn By Doing, a mais interessante é que o seu formato permite a construção de um sistema de inovação. Justamente pela constância de processos práticos e análise de resultados, a recorrência faz com que novas visões sejam trazidas à tona e, com elas, novos formatos de situações já existentes.A exemplo disso, um sistema ERP é uma das mais poderosas ferramentas que o método utiliza para colher informações e aplicá-las em suas ações. Como os dados são fornecidos de forma abundante, o especialista no assunto consegue transformá-los em pontos de partida para ações.A escalabilidade também é outro fator que merece atenção: existem muitos processos em uma empresa, e uma indústria é ainda maior. Eles podem ser minúsculos, e surtirem efeitos enormes, ou visíveis a todos o tempo inteiro. Ao utilizar o método Learn By Doing, é possível corrigir falhas e ter a percepção de que novas ainda ocorrerão.É exatamente por tudo isso que, para identificar as melhores práticas para o seu negócio, é necessário ter uma equipe de especialistas à disposição. Consulte os executores da SMR para compreender como o método Learn By Doing pode ser aplicado em sua empresa e melhorar ainda mais seus resultados.

13 Abr

Como as parcerias podem impactar positivamente o seu negócio

Em muitas empresas, existe a figura tênue e sempre presente que assombra a mente de donos, administradores e gestores: a compreensão de que novas parcerias podem ser saudáveis para o crescimento do negócio. Normalmente relacionada ao descaso e descompromisso, não é sempre que o termo é verdadeiramente prejudicial e, quando cabe ao momento, pode ampliar de maneira formidável o funcionamento e o encontro junto ao público-alvo.Todos os aspectos das parcerias precisam ser abordados para que o estudo seja, de fato, efetivo. Ao reconhecê-lo, você encontrará todas as vantagens e desvantagens dentro de seu segmento, e como as particularidades de sua empresa podem ser melhoradas a partir de parceiros realmente significativos.É essencial conhecer bem a sua empresa e seus concorrentesConhecer sua empresa é buscar informações fora dela. Apesar de parecer contraditório, é na análise de como o mercado enxerga que você encontrará diversas respostas. Então, veja bem o que o consumidor espera de seu negócio, e isso te ajudará a compreender quais tipos de parceria pode ter.Analise, também, a concorrência. É nela que estão diversas respostas sobre como o segmento de atuação enxerga o seu mercado. Aliás, analisar a concorrência, ou fazer benchmarking, é uma etapa essencial desde o início do projeto que se transformará em sua empresa, então, acompanhar essa análise deve ser algo recorrente sempre.Observe como o comportamento do consumidor pode te ajudar com parcerias e tendênciasAo compreender como o consumidor se comporta com o que sua empresa oferece, você terá em mãos informações precisas sobre como o mercado de consumo precisa ser assistido. Ao pensar em uma parceria, por exemplo, você encontrará itens como o estabelecimento de metas e objetivos em comum, e isso pode ser facilmente identificado com o que o consumidor quer.É claro que muitas tendências ditam as regras, mas que tal aproveitar os direcionamentos encontrados com essas informações para ampliar sua fatia de mercado? Ao observar o comportamento do consumidor, você pode criar o escopo de uma parceria que complemente o que você oferece, ou uma parceria que preencha suas necessidades logísticas. Seja como for, é para o cliente que toda empresa é criada, visando não só o lucro, como também o suprimento de necessidades do mercado de consumo. E se uma parceria encontrar as respostas adequadas e, através delas, suprir de forma orgânica e contínua o que o consumidor precisa? Essa é uma das diversas respostas que podem te levar a firmar novas parcerias.Firmar parcerias é necessário para sobreviver diante do “novo normal”Diante de todas as limitações trazidas pela pandemia de covid-19, desde o início de 2020 as empresas de todo o mundo precisaram encontrar um “novo normal”, ou seja, uma forma de conciliar sua existência às possibilidades reduzidas dentro do próprio segmento de atuação. Por isso, ao pensar em firmar parcerias, analise todas as vantagens que ambos os lados podem trazer, mesmo diante de um cenário completamente desafiador como o atual.O mundo pode mudar rapidamente, mas isso não precisa ser desculpa para que a sua SWOT (análise de Forças, Fraquezas, Oportunidades e Ameaças que toda empresa precisa ter em mãos) não funcione. Lembre-se de que, dentro das limitações logísticas, uma parceria pode ser viável. Dentro de um olhar mais crítico para a troca de fornecedores, outra parceria pode fazer sentido. Tudo dependerá de como o atual estado financeiro de sua empresa pode ser agregado à possibilidade de uma organização ser parceira nas horas certas.Observe como grandes conglomerados estão fazendo para se adaptar. Veja como as empresas de tecnologia funcionam e o que elas aprendem, de maneira sempre rápida, com o que a concorrência faz.Parcerias precisam ser úteis para ambos os ladosSim, você precisa ler isso várias vezes: as parcerias precisam ser úteis para ambos os lados. Isso vale tanto para benefícios momentâneos dentro de qualquer organização, como também para o outro lado da moeda: o que você tem a oferecer em troca? É preciso estar atento sempre, para que a balança não penda para apenas um lado.Desta forma, a concepção de que a parceria é uma via de mão dupla estará devidamente adotada em todos os passos, os quais devem ser estabelecidos desde o início.É necessário estabelecer limites, prazos e metasAo encontrar um ótimo parceiro de negócios, é necessário reunir-se diversas vezes (mesmo que online) para que todos os detalhes sejam ditos. Não parta do princípio do que é óbvio ou não, portanto, diga. Deixe claras as suas intenções e tire todas as dúvidas sobre o outro lado. Isso fará com que a transparência esteja em voga e, sem ela, simplesmente não é possível fazer negócios.Outro passo essencial é o estabelecimento de limites. Se a sua empresa pode oferecer A, C, F e G, não diga que poderá ter o B, o D e o H também, pois, caso contrário, não estará cumprindo seu lado - e vice-versa. Estabelecer limites para o que cada lado da parceria fará é uma ótima forma de manter em dia o que foi combinado em contrato.Os prazos e as metas também precisam ser estabelecidos. Cada etapa é essencial para que o cronograma das duas empresas funcione corretamente. E, se houver mais envolvidos, o mesmo se aplica a todos.Uma boa parceria pode impactar positivamente sua marcaA parceria correta deve influenciar diretamente em itens como o aumento de vendas, a melhoria de resultados, a diminuição de custos e a retenção de colaboradores. Tudo isso, no final das contas, impacta positivamente sua marca porque evolui participação de mercado, e afina as arestas soltas para corrigi-las gradualmente.Com a parceria certa, a sua empresa potencializa as próprias características, e pode acessar tanto uma parcela maior do próprio público-alvo quanto encontrar novos nichos e clientes à procura dos mesmos tipos de serviços e/ou produtos, mas em lugares diferentes. Para saber mais, consulte os executores da SMR e veja como estender os pontos fortes do seu negócio para um novo parceiro.

Grupo SMR

PLS
N Capital
VCN

Empresas Parceiras

Chimera
tree
Meta
mapah

Materiais Exclusivos


Toda semana um novo conteúdo. Baixe gratuitamente nossos materiais, e-books e muito mais.

Acesse agora
Planejamento Orçamentário

Sua empresa está buscando uma solução completa?


Através de um modelo de gestão in loco, contamos com uma equipe qualificada e multidisciplinar de executivos para diagnosticar, planejar e implantar as ações necessárias. Vamos conversar?

Sucesso! Sua mensagem foi enviada.
Erro! Houve um erro ao enviar a sua mensagem.

Faça um diagnóstico

Sucesso! Sua mensagem foi enviada.
Erro! Houve um erro ao enviar a sua mensagem.